lundi 23 juin 2008

Artistas brasileiros na Bélgica : um ano de jejum !

Festival Rock Wechter (Belgica), um dos mais importantes do mundo desde 1977.

Eu me esforcei muito para tentar descobrir um nome, mesmo que meio marginal, da cena musical brasileira ; mas o resultado foi consternador : nenhum artista brasileiro consta da lista dos músicos que vão tocar na Bélgica no (nosso) verão. Nem num show... nem num festival qualquer, escondido em alguma cidadezinha. Nunca vivi uma situação tão desoladora como essa por aqui. Nem uma Ivetinha Sangalo pulando… !
Eu seria ingrato, porém, se me esquecesse do solitário DJ Marlboro, que vem monstrar seu mix dançante, no « Polé Polé », um festival de ‘World Music’ que acontece agora na cidade de Gent (cidade que deu origem ao nome ‘Gantois’, outorgado à Mãe Menininha… sabiam dessa?).
Assim vocês podem entender que não se trata de um comportamento esnobe da minha parte, o fato de eu programar algumas viagens a Portugal, para poder assistir a um artista ‘verde & amarelo’. Escolhi então o último dia da Turnée do show da Rita Lee - « Pic Nic » - em Lisboa, em primeiro de julho ; e também para aproveitar melhor os encantos da cidade, num clima mais calmo do que o previsto, depois da derrota da ‘terrinha’ contra a Alemanha, no Euro 2008. O futebol ‘lusófono’ não parece em boa forma por enquanto, não é…? Melhor mudar de assunto…
Em compensação, quem gosta de grandes nomes internacionais do pop / rock e outros estilos, vai servir-se de um cardápio mais do que caprichado.
E agora é a sua vez de babar ; estão prontos ? Eis aqui para todos os gostos : Bon Jovi, Radiohead, Def Leppard, Iron Maiden, Orishas, dEUS, Jimmy Cliff, Zuchero, Beck, Baby Shambles, Leny Kravitz, James Blunt, Lou Reed, Santana, REM, Mika, Alaniss Morisette, Avril Lavigne, Duran Duran, Siouxsie, Nelly Furtado, Bruce Springsteen, Léonard Cohen, e até os velhos Sex Pistols, devidamente ‘viagrados’. ‘Not so bad, don’t you think so?’ A Bélgica sempre foi um ponto de confluência importante das tendências do pop e do rock, tanto ingleses quanto americanos. Mas agora que mudei um tanto de praia, para vislumbrar horizontes mais exóticos, nao estou muito animado de ver essas ‘feras’, cuja a maioria curtia ha 25 anos atras.
Mas para me consolar, o Papai Noel que me visita a cada dois meses, acaba de me trazer alguns ‘produtos’ do seu belo País, que eu já lhe havia encomendado. E como eu sou um bom menino, da sua sacola saíram os cd´s do Simoninha (« Melhor »), do Cidade Negra (« Perfil »), do Chico César (« Perfil » e « Forro y frevo »), da Monica Salmaso (« Nem 1 ai ») e da Alexia Bomtempo (« Astrolábio ») ; e também uns discos de 2007 que eu já tinha escutado, como : Orchestra Imperial (« Carnaval só ano que vem »), Fino Coletivo, Miltinho (« Samba e balanço »), Moinho (« Hoje de noite), ou ainda Glaucia Nasser (« A Vida num segundo »). Na companhia dos dvd’s, farei meu próprio festival de verão em casa, com o « Zélia Duncan e Simone ao vivo » ; « Toc », do Vitor Araujo ; os programas « Mulher 80’ » e « Fabio Jr. e Elas » ; « Conecta », do Marcos Valle ; e « Inclassificáveis », do Ney Matogrosso. E na minha sala de estar, vou fazer desfilar a escola Verde e Rosa, curtindo mais uma vez o esplêndido DVD « Velha Guarda da Mangueira », que não me canso de ver, dessa vez para lembrar o inesquecivel Jamelão.
‘En résumé’ : no próximo ano, para quem gosta de rock internacional, eu troco meu apartamento no centro da cidade / capital européia, Bruxelas, por uma cobertura na Vieira Souto, em Ipanema… Alguém se habilita ?

Anna Luisa, tournée "Do zéro", 2007 (foto, site da cantora)

P.S. : dentro da previsão da minha próxima ida ao Brasil, provavelmente em agosto, eis aqui umas músicas de cantoras que faço questão de entrevistar : Anna Luisa, Glaucia Nasser, Ana Costa e Thais Gulin
‘Misses Brasil 2000’.




GLAUCIA NASSER: "Vida em cena"



THAIS GULIN: "A Vida da outra (dela) ou Eu"

7 commentaires:

Scubidu a dit…

Oi Daniel,

sou produtor musical, queria seu email. Me escreva no contato@scubidu.com.br

ABs!

Olga a dit…

Daniel, como v�deo adorei a Gulin, mas como m�sica ( tudo: letra, arranjo, estilo... ) adorei a Nasser. Tenho paix�o por cordas, ent�o... e essa letra me tocou muito pessoalmente. Bom, sobre Bruxelas, no ano que vem, aguarde uma contra-proposta... rs. ( me falta s� o ap� na Vieira Souto ).
T� muito bonito o blog, cada vez melhor. Parab�ns! Bjs.

Claudia B. a dit…

En effet, pour le moment en Bélgique il n'y a plus rien de vraiment intéressant, quoi que nous avons eu droit à un magnifique concert de Gilberto Gil au mois de mars,...neanmoins pas trop loin, Vanessa Da Mata, viens de sortir son premier opus en France, elle sera d'ailleurs en concert ce 15 juillet au Cabaret Sauvage à Paris. Une chanteuse classé numéro un sur les ondes au Brésil, au Portugal et en Suisse, elle a été écouté plus de cinq millions de fois par les internautes sur YouTube...

Muitos beijinhos

Claudia B.

Marcio a dit…

Daniel, inesperada e interessante essa conexão Bélgica-Bahia. Ainda não li a biografia de Mãe Menininha, mas segundo o que apurei na internet, o terreiro do Gantois recebeu esse nome em 1849 por causa do proprietário do terreno onde foi erguido, o belga e traficante de escravos Édouard Gantois. Você tem mais informações sobre esse seu conterrâneo? Saudações!

Daniel Achedjian a dit…

Bom dia Olga, A Thais e a Glaucia tem, cada uma, uma personalidade bem propria. Pena que nao achei uma outra cançao da Thais, que essa nao era minha preferida. Mas, como vocé, gostei do clipe. Me mande foto da sua cobertura (-: ! bjs...

ps: adoro a cançao da Anna Luisa, parceria de Pedro Luiz e seu Jorge!

Daniel Achedjian a dit…

Et oui Claudia, en France, la situation est moins dramatique que chez nous. Pour info, ce disque de Vanessa da Mata est son troisième, "Sim", mais sans doute dès lors, le premier sorti en France. Le duo avec Ben Harper ("Good luck") lui a ouvert les frontières. Mais les puristes s'accordent pour dire que son premier album est de loin le meilleur. Mais c'est clair que vu le triste constat des concerts brésiliens chez nous, j'irais la voir...si elle venait à Bruxelles.

Beijos....

Daniel Achedjian a dit…

Oi Marcio, tambem tenho esse livro sobre a Mae Menininha...que tambem nao tive o tempo de ler. Tenho as mesmas informaçoes do que vocé, mas me da vontade de pesquisar mais alem. Uma amiga portuguesa leu esse livro, vou ligar para ele hoje, e se tiver mais informaçoes, darei aqui mesmo, valeu, muito interessante esse assunto! abraço...

CE BLOG EST DÉDIÉ AUX CURIEUX QUI AIMERAIENT CONNAÎTRE L'ART ET LA MUSIQUE POPULAIRE BRÉSILIENNE. UNE OCCASION POUR LES FRANCOPHONES DE DÉCOUVRIR UN MONDE INCONNU OU IL EST DE MISE DE LAISSER SES PRÉJUGES AU VESTIAIRE.